Como é feita a Porta Corta-Fogo?

A porta corta-fogo é um item de segurança indispensável para prédios e condomínios. Com elas, qualquer empreendimento fica seguro em caso de incêndio para usar as escadas ou as rotas de fuga e evacuar a edificação o mais rápido possível, reduzindo os riscos à integridade física das pessoas. Neste texto vamos falar sobre como é feita a porta corta-fogo, entre outros detalhes.

Se você está interessado em saber mais sobre este assunto, acompanhe nosso post até o fim!

Porta corta-fogo: de qual material ela é fabricada?

As portas corta-fogo precisam oferecer segurança, integridade e resistência em caso de algum incidente com fogo e fumaça acontecer na edificação. Por isso, estes produtos são fabricados com materiais especiais que proporcionam a resistência térmica e a vedação adequada para garantir a segurança das pessoas que irão transitar pelo espaço.

Naturalmente, as portas corta-fogo precisam providenciar proteção térmica, logo, precisam ser resistentes ao fogo.

Muitas vezes, as portas corta-fogo também precisam suportar impactos por serem batidas em um momento de desespero das pessoas que a utilizam, neste sentido, o material das ligas de aço providenciam grande resistência.

Além de impedir o fogo de se espalhar entre um ambiente e outro e suportar impactos acima da média, a porta corta-fogo também deve garantir isolamento térmico para a rota de fuga dos usuários. Por isso, a porta corta-fogo também possui mantas cerâmicas em seu interior que impedem o superaquecimento.

Desta forma, a porta mantém uma temperatura natural ainda que um de seus lados esteja em contato direto com o calor, permitindo o seu uso por mais tempo sem causar desconfortos ou lesões por queimaduras em quem as utiliza.

Também há modelos de porta corta-fogo com isolamento de ruídos, ideal para lugares que exigem um ambiente mais silencioso, tal qual estabelecimentos de saúde, a fim de reduzir as vibrações auditivas.

Os modelos de porta corta-fogo devem seguir a norma técnica NBR 11742/2018, que regulamenta medidas, materiais, formatos e funcionamento deste tipo de produto. Nossas portas, além de facilitarem a evacuação de pessoas em caso de incêndio, também facilitam o acesso dos bombeiros ao prédio que esteja passando pelo incidente.

Porta corta-fogo: o que é Porta Corta-Fogo P90?

Existem no mercado alguns tipos de porta corta-fogo: a P60, a P90 e a P120. Os números que acompanham a letra “P” descrevem o tempo mínimo de fogo que a porta suportar sem apresentar danos, de forma a permitir a evacuação completa das pessoas que estão naquele espaço.

O tipo de porta que você escolherá para a sua edificação irá depender da quantidade de pessoas que habitam este espaço. Por exemplo: a porta corta-fogo de um edifício residencial com poucas pessoas pode utilizar uma porta corta-fogo que suporte menos tempo de incêndio do que um auditório de cinema com capacidade para 700 pessoas que precisam ser evacuadas imediatamente.

O tipo de porta corta-fogo que você deverá utilizar será determinado pelo Corpo de Bombeiros local, que dará o laudo positivo ao seu projeto de prevenção de incêndios. Alguns fatores determinam se uma porta é P60, P90 ou P120, tal qual as suas medidas, seu material de fabricação, seu material interno de isolamento térmico, entre outros.

Em relação as características das portas, as P60 têm um isolante térmico com menor densidade entre os 3 modelos, e por consequência pesam cerca de 34 kg a 50 kg por folha. Já as portas P90 podem pesar entre 38 kg e 53 kg. As portas P120, por fim, pesam entre 45 kg e 60 kg por folha, graças um isolante com maior densidade.

Porta corta-fogo: Quando devo usar?

A porta corta-fogo deve ser utilizada como forma de oferecer aos usuários de uma edificação uma rota de fuga segura para caso de incêndios. Logo, ela precisa ser de fácil acesso, bem sinalizada e instalada em locais que proporcionem um caminho mais facilitado para a saída dos edifícios.

Em edificações comerciais e residenciais, elas estão localizadas nas saídas de emergência. É muito comum você encontrar porta corta-fogo nas seções dos prédios que dão acesso às escadas. Com isso, os usuários podem descer os andares sem utilizar os elevadores e ter mais segurança contra o fogo e a fumaça no processo.

Nos shoppings centers, as portas corta-fogo também estão presentes nas saídas de emergência, em que corredores fechados dão acesso a seções mais abertas da edificação, cobertura ou saída externa no térreo.

A porta corta-fogo também é um item de segurança indispensável para hotéis e para hospitais. Essas edificações que possuem uma área estendida e que precisam de evacuação imediata em caso de incêndio, especialmente por contar itens inflamáveis como recipientes de gás, produtos químicos e outros agentes que podem servir de combustível em caso de incêndio.

Instalações industriais também precisam legalmente contar com saídas de emergência e com porta corta-fogo para proteger seus funcionários em caso de incêndio. As portas podem ser instaladas com uma folha individual ou em folha dupla.

Embora a porta corta-fogo seja um item de segurança cuja principal finalidade é a resistência térmica, este produto também pode combinar com a decoração do ambiente no qual ela será instalada. É o caso da Porta Corta-fogo Premium da Metalika, que não possui moldura e também conta com acabamento refinado.

As normas técnicas da ABNT e as IT´s do corpo de bombeiros ajudam a definir todo lugar que precisa ou que não precisa da instalação de uma porta corta-fogo, que você pode conhecer diretamente no site da entidade aqui. Importante ressaltar que a Metalika utiliza apenas matérias-primas aprovadas em ensaio em laboratórios certificados pelo INMETRO, respeitando a todas as exigências técnicas para este tipo de produto.


Perguntas Frequentes

1- Qual o material da porta corta-fogo?

O material utilizado especificamente nas portas da Metalika é o aço galvanizado na parte externa e manta cerâmica como isolante interno.

2- O que é Porta Corta-Fogo P90?

Uma porta corta-fogo classificada como P90 é aquela que tem a capacidade de resistir ao fogo pelo período mínimo de 90 minutos..

3- Quando devo usar Porta Corta-Fogo?

A Porta Corta-Fogo deve ser utilizada em saídas de emergência; em locais que possuem um fluxo considerável de pessoas, como interligações de espaços industriais e comércios; e em recintos que realizem a transformação ou mediação de energia elétrica.